Loading...

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente

  • É na qualidade de cidadão que vos falo.

    Um cidadão de plenos direitos e plenos deveres. Que fez e faz por os exercer. E que sentiu a necessidade de se juntar a outros com a mesma forma de estar na vida. Formámos um grupo de cidadãos interventivos em torno de uma causa, o combate à morte súbita cardíaca. Mas não posso esquecer como esta caminhada começou, foi com uma tragédia pessoal, uma paragem cardiorrespiratória. Uma das 10000 anuais em Portugal. 

    E se me permitem tenho de fazer aqui uma homenagem a todos aqueles que partiram e que deveriam ter tido outro tipo de assistência, principalmente por parte dos seus familiares, dos seus amigos, dos seus vizinhos, enfim, dos seus concidadãos…

    Sim! É neste elo da cadeia de socorro que está a chave do problema. É aqui nos primeiros 10 minutos que podemos e
    temos de fazer a diferença. Somos nós, Sociedade Civil, que temos o papel principal e somos simultaneamente os principais beneficiários. Somos nós que podemos alterar esta realidade. Não podemos refutar as nossas responsabilidades.
    É hora de parar de apontar o que o País não faz por nós e começarmos nós a fazer pelo País!
    Basta de indignação é hora da implicação!
    Foi esta crença que me levou a procurar quem quisesse fazer esta caminhada comigo.
    Fez-se acontecer mudança em Sintra.
    É possível! Ficou provado! Mas não podia ficar por Sintra é preciso fazer acontecer mudança em todo o País. É preciso Salvar Mais Vidas!
    Como tal, formámos movimento cívico que evoluiu naturalmente para uma Associação, e juntos somos mais fortes,
    somos uma força que ninguém quer nem consegue parar.

    Identificámos os problemas, estabelecemos um objetivo – uma taxa de sobrevivência de 30% e apresentamos caminhos que estão claros no nosso manifesto, que é a marca de água do nosso movimento:

    · Ensino SBV+DAE obrigatório por lei nas escolas
    · Obrigatoriedade deste ensino em profissões chave
    · Mais Desfibrilhadores e Mais Sensibilização
    Desengane-se quem possa pensar que somos apenas mais um movimento reivindicativo, somos sim ativos e participativos.
    Agradeço a todos os que se tem associado a este movimento;
    · Aos ilustres médicos que formam o nosso conselho consultivo
    · Aos nossos embaixadores que associaram a sua imagem a esta causa
    · Às instituições que são nossas parceiras que acreditam em nós e na necessidade de inverter este paradigma.
    · Aos órgãos de comunicação social que nos tem ajudado a por este tema na agenda mediática
    · Ao cidadão anónimo como nós, que se associou a este movimento e é parte integrante dele

    Somos portugueses! A nossa história enquanto povo fala por si. Fala de nobreza e valentia. Fala de um povo capaz de feitos épicos. A nobreza é a solidariedade que nos caracteriza, é o não deixar nenhum dos nossos para trás. E a valentia é na adversidade, superarmo-nos.

    Sim! Eu Acredito!

    Sim! Eu acredito, que vamos fazer acontecer mudança!

    Sim! Eu acredito, porque os melhores estão connosco. E os melhores somos nós, os portugueses!

    Sim! Eu acredito, que vamos SALVAR MAIS VIDAS!

  • A bondade é porventura a maior qualidade humana, mas serão de curto fôlego os seus efeitos se não lhe adicionarmos o sal vivo dos atos transformadores
    - José Saramago
    “Uma população é tão mais vulnerável quanto mais desinformada for e menos cultura tiver”
    - Itamar Ashkenaz
    É a consciência colectiva que nos pode salvar. É a do "Eu Solitário" ao "Nós Solidários" que poderá e terá de fazer a diferença, ou nos salvamos todos juntos, ou morremos todos juntos. Aqui não há meios termos.
    - Fernando Ventura
    Um melhor sistema passa por termos melhores cidadãos, mais capazes e mais solidários. A solução está na educação!
    As bactérias perceberam há milhões de anos que a sua sobrevivência dependia da sobrevivência da totalidade dos elementos da sua colónia e da sua organização.
    Se não houver educação maciça os seres humanos irão matar-se uns aos outros.
    - António Damásio